artigo5-redes-sociais

Recomendações fundamentais para as Lojas Online

Atualmente o denotou-se um aumento das compras online, tendo isso em mente os responsáveis pelos e-commerce devem procurar respeitar normas para a segurança dos clientes e dos colaboradores, tais como:
• Estabelecer os protocolos de segurança sanitária para proteção dos colaborares encarregados da preparação dos pedidos e dos clientes que recebem os pedidos seguindo as diretrizes gerais estabelecidas pelo Ministério da Saúde.
• Todas as encomendas recolhidas numa loja ou num ponto de recolha deve seguir todas as restrições de movimento e de condições de segurança.
O consumidor precisa confiança para adquirir produtos da loja online e para adquirir a mesma precisa de ser informado de todas as últimas informações. As lojas online ao seguir passos como os seguintes podem conseguir fidelizar consumidores:
• Ser honesto com os clientes avisando-os que a situação atual pode afetar o tempo de entrega das encomendas ou outros aspetos, definindo prazos de entrega realistas. Limitar a venda dos produtos aos que se encontram em stock.
• Informar os consumidores como a situação atual afeta a aplicação da garantia, no caso de os produtos recebidos terem defeito.
• Assegurar um contacto permanente com os fornecedores para saber as condições atuais das transportadoras com fim a esclarecer os consumidores.
Sem dúvida, os consumidores estão fragilizados por isso os e-commerce precisam de transmitir-lhe confiança. Podem fazer isso ao praticar ações como:
• Manter os clientes informados para aumentar a sua confiança, neste momento é fundamental, através dos canais de comunicação habituais para que os mesmos tenham acesso ao estado de encomenda.
• Possibilitar aos clientes a opção de cancelar a encomenda (efetuando o reembolso) ao comunicar que a encomenda está com atrasado e que vai ser enviada com a maior rapidez.

 
Fonte: https://ecommercenews.pt/as-10-recomendacoes-fundamentais-para-as-lojas-online-durante-o-estado-de-emergencia/

Open chat