Home Office

4 Dicas para manter e/ou aumentar a sua produtividade quando trabalha a partir de casa

Estávamos a terminar o ano de 2019 e prestes a entrar em 2020 quando surgiram as primeiras notícias sobre um vírus originário na província de Wuhan na China, cuja população ronda os 10 milhões de habitantes. Desde então, este vírus correu o mundo com uma dimensão nunca antes vista. Atualmente são poucos os países que não têm qualquer informação de um residente infetado. Em Portugal, há, neste momento, mais de 600 infetados, sendo constante o reforço da necessidade da tomada de precauções para evitar a propagação do vírus.
Com a declaração do Covid-19 como pandemia pela Organização Mundial de Saúde a 11 Março, aumentou a consciência social de que é preciso tomar medidas urgentes para prevenir o máximo possível a propagação do vírus. É neste sentido que, como medida preventiva, muitas empresas optaram por colocar os seus colaborares em regime de teletrabalho.
Sabemos que o facto de estar em casa pode trazer mais distrações – podemos perfeitamente trabalhar o dia todo de pijama, mas estaremos sempre mais relaxados e com pouca vontade de trabalhar. Assim sendo, trazemos-lhe 4 dicas que o ajudarão a manter a sua produtividade enquanto trabalha a partir de casa.
1 – Vista-se como se fosse sair e/ou mantenha a sua rotina
Quando trabalhamos a partir de casa, é fácil deixarmo-nos levar pelas facilidades que isso nos dá – não termos de acordar duas horas mais cedo para nos certificarmos que chegamos a horas, não nos termos que preocupar em apanhar trânsito ou o transporte público a horas. Trabalhar remotamente também significa poder passar o dia inteiro de pijama (ou outra roupa igualmente confortável). No entanto, este outfit dá, muitas vezes, vontade de voltarmos para a cama ou para o confortável sofá da sala, o que vai proporcionar uma sensação de “preguiça” e falta de vontade de trabalhar. Para contrariar esta tendência, sugerimos que:
 mantenha os seus horários regulares – se o seu horário de trabalho começa às 9h, levante-se às 8h – terá tempo suficiente para acordar, tomar o pequeno-almoço e comunicar ao seu cérebro que é hora de trabalhar.
 vista alguma peça de roupa como se fosse sair e mantenha a sua rotina matinal – desta forma, comunicará ao seu cérebro que está na hora de trabalhar e não de relaxar.
 Perceba qual a parte do dia em que o seu trabalho rende mais – se é daquelas pessoas que trabalha melhor da parte da manhã, agende os pontos mais importantes do seu trabalho para esse período de tempo, deixando os menos importantes (como por exemplo, resposta a certos emails) para o período da tarde.

2 – Limite Distrações e crie o seu espaço de trabalho
Uma das ações mais importantes a tomar é limitar ao máximo as distrações. Desligue os aparelhos eletrónicos que não necessita (TV, Tablet, ou outros), reserve um espaço da sua casa (caso não tenha um escritório) onde possa estar concentrado no seu trabalho e evitar ser distraído e/ou interrompido. Uma das distrações mais comuns e que não pode/consegue desligar por completo (tendo em conta que necessita do acesso à internet) é a consulta das redes sociais. Deve disciplinar-se para manter essas distrações afastadas de si, como faria se estivesse no escritório. Se não consegue passar uma manhã ou uma tarde inteira sem aceder às redes sociais, opte por fazer uma pausa de cinco a 10 minutos a meio da manhã/tarde para comer alguma coisa, como faz no escritório, e consultar o Facebook, Instagram e outras redes sociais que utiliza. Depois da pausa, retome o seu trabalho e concentre-se a 100% nas tarefas que tem a realizar.

3 – Foque-se nos seus resultados & agende check-ins com a sua equipa
De acordo com Kari DePhilips, CEO da The Content Factory, que trabalha remotamente a 100%, e coapresentadora do Podcast Workationing, existem pessoas que, quando lhes é pedido que trabalhem a partir de casa durante algumas semanas, sentem que não têm tanta responsabilidade como se estivessem a trabalhar presencialmente. No entanto, a mesma diz que, ao trabalharmos remotamente, somos inteiramente avaliados pelo volume e qualidade do nosso trabalho, bem como o cumprimento dos prazos estabelecidos.
De forma a manter, e até aumentar a produtividade, sugerimos que faça diariamente uma lista de tarefas que deverá cumprir até ao fim do dia, riscando-as à medida que as vai completando. Desta forma provará a si mesmo que, mesmo estando em casa, está a ser produtivo e a realizar a mesma quantidade de trabalho que realiza presencialmente, mantendo a sua qualidade.
Pode também manter o contacto com os seus colegas de equipa e chefia recorrendo a ferramentas online como o Zoom, o Skype, o WhatsApp o Whereby, entre outras. Desta forma, mantém um contacto regular com toda a sua equipa, o que permite fazer pontos de situação do trabalhado realizado por cada um, e delinear estratégias para continuar a aumentar a sua produtividade.

4 – Mantenha o seu plano alimentar
Nos últimos dias são constantes as imagens partilhadas nas redes sociais de prateleiras de supermercado vazias porque as pessoas estão a comprar os produtos em quantidades elevadas, caso tenham de ficar em casa por um longo período de tempo. Neste sentido, a comida que vai sobrando corresponde a fast-food. No entanto, é importante que não pare de fazer a sua alimentação normal, não só porque as opções menos saudáveis têm impacto na sua disposição e energia, mas também porque podem comprometer o seu sistema imunitário. Para ajudar, pode sempre manter-se em contacto com os seus colegas nas horas de almoço ou de lanche e motivarem-se uns aos outros a manterem-se saudáveis. 

Open chat